Arquivo da tag: Series

Emmy 2011

Os fãs de séries, podem ficar felizes! Hoje foram anunciados os atores, séries, mini-filmes e outras categorias que se destacaram na televisão dos EUA.

comédia sensacional “Modern Family” conseguiu 19 indicações!

Entre as indicações de “mini-filmes”, estão “Melhor Série de Comédia” e “Melhor Atriz Coadjuvante” para Sofia Vergara e Julie Bowen!

As duas séries com o maior número de indicações, no entanto, foram: “Mildred Pierce” (HBO) com 21 indicações e “Mad Men” (AMC), com 19.

A entrega dos prêmios vai acontecer no dia 18 de setembro em Los Angeles!

Veja a lista completa dos indicados…

 

Melhor série de drama
“Boardwalk empire”
“The good wife”
“Mad men”
“Friday night lights”
“Dexter”
“Game of thrones”


Melhor série de comédia

“Glee”
“Parks and recreation”
“The office”
“Modern family”
“30 rock”
“The big bang theory”

Melhor atriz em série de drama
Elisabeth Moss, por “Mad men”
Connie Britton, por “Friday night lights”
Mariska Hargitay, por “Law & Order: Special Victims Unit”
Julianna Margulies , por “The good wife”
Kathy Bates, por “Harry’s law”
Mireille Enos, por “The killing”

Melhor ator em série de drama
Steve Buscemi, por “Boardwalk empire”
Michael C. Hall, por “Dexter”
Kyle Chandler, por “Friday night lights”
Jon Hamm, por “Mad men”
Hugh Laurie, por “House”
Timothy Olyphant, por “Justified”

Melhor atriz em série de comédia
Laura Linney, por “The big C”
Edie Falco, por “Nurse Jackie”
Amy Poehler, por “Parks And Recreation”
Melissa McCarthy, por “Mike & Molly”
Martha Plimpton, por “Raising Hope”
Tina Fey, por “30 Rock”

Melhor ator em série de comédia
Matt LeBlanc por “Episodes”
Jim Parsons por “The big bang theory”
Steve Carell por “The Office”
Johnny Galecki por “The big bang theory”
Louis C.K. por “Louie”
Alec Baldwin por “30 Rock”

Melhor atriz coadjuvante em série de drama
Kelly Macdonald, por “Boardwalk empire”
Christina Hendricks, por “Mad men”
Michelle Forbes, por “The killing”
Archie Panjabi, por “The good wife”
Margo Martindale, por “Justified”
Christine Baranski, por “The good wife”

Melhor ator coadjuvante em série de drama
John Slattery, por “Mad men”
Andre Braugher, por “Men of certain age”
Walton Goggins, por “Justified”
Peter Dinklage, por “Game of thrones”
Josh Charles, por “The good wife”
Alan Cumming, por “The good wife”

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia
Jane Lynch por “Glee”
Betty White por “Hot in Cleveland”
Julie Bowen por “Modern family”
Kristen Wiig por “Saturday night live”
Jane Krakowski por “30 Rock”
Sofia Vergara por “Modern family”

Melhor ator coadjuvante em série de comédia
Jon Cryer por “Two and a half men”
Chris Colfer por “Glee”
Jesse Tyler Ferguson por “Modern family”
Ed O’Neill por “Modern family”
Eric Stonestreet por “Modern family”
Ty Burrell por “Modern family”

Melhor minissérie ou filme para a TV
“Cinema verite”
“Downton abbey”
“The Kennedys”
“Mildred Pierce”
“The pillars of the earth”
“Too big to fail”

Melhor atriz em série de minissérie ou filme de TV
Kate Winslet, por “Mildred Pierce”
Elizabeth McGovern, por “Downton abbey”
Diane Lane, por “Cinema Verite”
Taraji P. Henson , por “Taken from me: The Tiffany Rubin story”
Jean Marsh, por “Upstairs downstairs”

Melhor ator em série de minissérie ou filme de TV
Greg Kinnear, por “The Kennedys”
Barry Pepper, por “The Kennedys”
Edgar Ramirez, por “Carlos”
William Hurt, por “Too big to fail”
Idris Elba, por “Luther”
Laurence Fishburne, por “Thurgood”

Melhor atriz coadjuvante em série de minissérie ou filme de TV
Evan Rachel Wood, por “Mildred Pierce”
Melissa Leo, por “Mildred Pierce”
Mare Winningham, por “Mildred Pierce”
Maggie Smith, por “Dowron abbey”
Eileen Atkins, por “Upstais downstairs”

Melhor ator coadjuvante em série de minissérie ou filme de TV
Guy Pearce, por “Mildred Pierce”
Brian F. O’Byrne, por “Mildred Pierce”
Tom Wilskinson, por “The Kennedys”
Paul Giamatti , “Too big to fail”
James Woods, por “Too big to fail”

Melhor reality show ou programa de competição
“So you think you can dance”
“The amazing race”
“Project runway”
“American idol”
“Dancing with the stars”
“Top chef”

Melhor apresentador de reality show ou programa de competição
Jeff Probst, por “Survivor”
Cat Deeley , por “So you think you can dance”
Phil Keoghan, “The amazing race”
Tom Bergeron , por “Dancing with the stars”
Ryan Seacrest , por “American idol”

 

Anúncios

Confira a lista completa com os indicados ao Emmy Awards 2010

A 62ª cerimônia de premiação do Emmy Awards vai acontecer dia 29 de agosto.

Com impressivas 24 nomeações, a minissérie “The Pacifc” foi a líder dos anunciados hoje. Depois dela, temos a série “Glee” com 19 indicações, “Mad Men”com 17, e “Temple Grandin”, “30 Rock” e “You Don’t Know Jack”com 15 cada.

“Modern Family” também chamou a atenção com 14 nomeações. Concorrendo pela última vez, “Lost” não decepcionou e vai concorrer a 12 estatuetas, o mesmo não aconteceu com “24 Horas”.

Comédia
Melhor Ator Coadjuvante em uma Série de Comédia
Chris Colfer, “Glee”
Neil Patrick Harris, “How I Met Your Mother”
Jesse Tyler Ferguson, “Modern Family”
Eric Stonestreet, “Modern Family”
Ty Burrell, “Modern Family”
Jon Cryer, “Two and a Half Men”

Melhor Atriz Coadjuvante em uma Série de Comédia
Jane Lynch, “Glee”
Julie Bowen, “Modern Family”
Sofia Vergara, “Modern Family”
Kristen Wiig, “Saturday Night Live”
Jane Krakowski, “30 Rock”
Holland Taylor, “Two and a Half Men”

Melhor Ator Convidado em uma Série de Comédia
Mike O’Malley, “Glee”
Neil Patrick Harris, “Glee”
Fred Willard, “Modern Family”
Eli Wallach, “Nurse Jackie”
Jon Hamm, “30 Rock”
Will Arnett, “30 Rock”

Melhor Atriz Convidada em uma Série de Comédia

Christine Baranski, “The Big Bang Theory”
Kathryn Joosten, “Desperate Housewives”
Kristin Chenoweth, “Glee”
Tina Fey, “Saturday Night Live”
Betty White, “Saturday Night Live”
Elaine Stritch, “30 Rock”
Jane Lynch, “Two and a Half Men”

Melhor Ator de uma Série de Comédia

Jim Parsons, “The Big Bang Theory”
Larry David, “Curb Your Enthusiasm”
Matthew Morrison, “Glee”
Tony Shalhoub, “Monk”
Steve Carell, “The Office”
Alec Baldwin, “30 Rock”

Melhor Atriz de uma Série Comédia
Lea Michele, “Glee”
Toni Collette, “United States of Tara”
Tina Fey, “30 Rock”
Julia Louis-Dreyfus, “The New Adventures of Old Christine”
Edie Falco, “Nurse Jackie”
Amy Poehler, “Parks and Recreation”

Melhor Elenco de uma Série de Comédia

“Glee”

“Modern Family”

“Nurse Jackie”

“30 Rock”

“United States of Tara”

Melhor Direção de uma Série de Comédia

Ryan Murphy, “Glee”

Paris Barclay, “Glee”

Jason Winer, “Modern Family”

Allen Colter, “Nurse Jackie

Don Scardino, “30 Rock”

Melhor Série de Comédia
“Glee”
“30 Rock”
“The Office”
“Modern Family”
“Curb Your Enthusiasm”
“Nurse Jackie”

Drama


Melhor Ator Coadjuvante em uma Série Dramática
Aaron Paul, “Breaking Bad”
Martin Short, “Damages”
Terry O’Quinn, “Lost”
Michael Emerson, “Lost”
John Slattery, “Mad Men”
Andre Braugher, “Men of a Certain Age”

Melhor Atriz Coadjuvante em uma Série Dramática
Sharon Gless, “Burn Notice”
Rose Byrne, “Damages”
Archie Panjabi, “The Good Wife”
Christine Baranski, “The Good Wife”
Christina Hendricks, “Mad Men”
Elisabeth Moss, “Mad Men”

Melhor Ator Convidado em uma Série de Dramática
Beau Bridges,”The Closer”
Ted Danson, “Damages”
John Lithgow, “Dexter”
Alan Cumming, “The Good Wife”
Dylan Baker, “The Good Wife”
Robert Morse, “Mad Men”
Gregory Itzin,”24 Horas”

Melhor Atriz Convidada em uma Série Dramática

Mary Kay Place, “Big Love”
Sissy Spacek, “Big Love”
Shirley Jones, “The Cleaner”
Lily Tomlin, “Damages”
Ann-Margret, “Law & Order: SVU”
Elizabeth Mitchell, “Lost”

Melhor Ator de uma Série Dramática

Bryan Cranston, “Breaking Bad”
Michael C. Hall, “Dexter”
Kyle Chandler, “Friday Night Lights”
Hugh Laurie, “House”
Matthew Fox, “Lost”
Jon Hamm, Mad Men

Melhor Atriz de uma Série Dramática

Kyra Sedgwick, “The Closer”
Glenn Close, “Damages”
Connie Britton, “Friday Night Lights”
Julianna Margulies, “The Good Wife”
Mariska Hargitay, “Law and Order SVU”
January Jones, “Mad Men”

Melhor Elenco de uma Série Dramática
“Big Love”

“Dexter”

“Friday Night Lights”

“The Good Wife”

“Mad Men”

“True Blood”
Melhor Direção de uma Série Dramática
Michelle MacLaren, “Breaking Bad”

Steve Shill, “Dexter”

Jack Bender, “Lost”

Lesli Linka Glatter, “Mad Men”

Agnieszka Holland, “Treme”

Melhor Série Dramática

“Mad Men”
“Lost”
“Breaking Bad”
“Dexter”
“The Good Wife”
“True Blood”

Minissérie ou Filmes para TV


Melhor Ator Coadjuvante em uma Minissérie ou Filme
Michael Gambon, “Emma”
Patrick Stewart, “Hamlet”
Jonathan Pryce, “Return To Cranford”
David Strathairn, “Temple Grandin”
John Goodman, “You Don’t Know Jack”

Melhor Atriz Coadjuvante em uma Minissérie ou Filme
Kathy Bates, “Alice”
Julia Ormond, “Temple Grandin”
Catherine O’Hara, “Temple Grandin”
Brenda Vaccaro, “You Don’t Know Jack”
Susan Sarandon, “You Don’t Know Jack”

Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme
Jeff Bridges, “A Dog Year”
Ian McKellen, “The Prisoner”
Michael Sheen, “The Special Relationship”
Dennis Quaid, “The Special Relationship”
Al Pacino, “You Don’t Know Jack”

Melhor Atriz em uma Minissérie ou Filme
Maggie Smith, “Capturing Mary”
Joan Allen, “Georgia O’Keeffe”
Dame Judi Dench, “Return to Cranford”
Hope Davis, “The Special Relationship”
Claire Danes, “Temple Grandin”

Melhor Elenco de uma Minissérie, Filme ou Especial
“Emma”

“Georgia O’Keeffe”

“The Pacific”

“Temple Grandin”

“You Don’t Know Jack”

Melhor Roteirista de uma Minissérie, Filme ou Especial
Andrew Davies – por “Little Dorrit”

Melhor Direção de uma Minissérie, Filme ou Especial

Bob Balaban, “Georgia O’Keeffe”

David Nutter e Jeremy Podeswa, “The Pacific”

Tim Van Patten, “The Pacific”

Mick Jackson, “Temple Grandin”

Barry Levinson, “You Don’t Know Jack”


Melhor Minissérie
The Pacific (HBO)
Return to Cranford (PBS)

Melhor Filme Feito para Televisão

“Endgame”
“Georgia O’Keeffe”
“The Special Relationship”
“Temple Grandin”
“You Don’t Know Jack”
“Moonshot”
Melhor Programa de Reality Show
“The Amazing Race”
“American Idol”
“Dancing with the Stars”
“Project Runway”
“Top Chef”

Melhor Apresentador de um Programa de Reality Show ou Competição

Ryan Seacrest (American Idol)
Phil Keoghan (The Amazing Race)
Tom Bergeron (Dancing with the Stars)
Heidi Klum (Project Runway)
Jeff Probst (Survivor)

Outros
Melhor Série de Animação
“Alien Earths”
“Disney Prep & Landing”
“The Ricky Gervais Show”
“The Simpsons”
“South Park”

Melhor Série de Comédia, Variedade ou Música
The Colbert Report
The Daily Show With Jon Stewart
Real Time With Bill Maher
Saturday Night Live
The Tonight Show With Conan O’Brien


House

Continuando o assunto seriados…agora é a vez do House…sou completamente viciada em House é PERFEITA!!!!

House é um médico conceituado do estado de New Jersey, nos Estados Unidos. Além de conseguir elaborar excelentes diagnósticos, as suas especialidades médicas são a infectologia e a nefrologia. O seu caráter é marcado pelo seu mau-humor, comportamento anti-social, cepticismo e sarcasmo. O local da ação é Princeton-Plainsboro, um moderno hospital universitário público norte-americano.

Quase todos os episódios começam fora do hospital, em aberturas do gênero cold open, com pessoas anônimas a ter um ou vários sintomas de uma doença tratada em cada um desses episódios. House e a sua equipa iniciam o diagnóstico diferencial de um paciente apenas quando o diagnóstico do mesmo falha nos outros hospitais ou durante episódios de urgência de Plainsboro, tornando os casos complexos. Apesar de serem raras, as doenças são reais. Os sintomas conhecidos são enunciados e escritos no quadro branco em que no mesmo são deliberadas várias doenças ou outros sintomas que vão surgindo. Como House gosta de mostrar aos outros que tem razão, recorre muitas vezes ao Método Socrático. No início de cada tratamento, é muito frequente os médicos associarem um sintoma a uma doença vulgar como lúpus, cancro ou infecção.

É muito comum também haver discussões entre House e Dr. Foreman, pois este o acha convencido e um “estupor manipulador”. Às vezes, os sintomas não são bem definidos porque os pacientes escondem ou simplesmente mentem levando o Dr. House a utilizar muitas vezes a frase ” Todo mundo mente” (Everybody lies) corroborando muitas vezes com a frase “os sintomas nunca mentem (The symptoms never lie). Dadas as teorias de House serem extremamente controversas, as autorizações para as suas práticas são muitas vezes banidas pela diretora, a Dr.ª Lisa Cuddy, sobretudo quando envolvem altos riscos e, por vezes, faltas de ética.

House, Chase, Foreman, Wilson, Cuddy e Cameron

Os tempos livres de House são principalmente passados em conversas com o Dr. Wilson, o seu único e melhor amigo, em que um não vive sem o outro. Às vezes, para atingir certos objetivo, House usa-o recorrendo a desculpas e argumentos falaciosos. House conheceu Wilson durante uma convenção de Medicina em Nova Orleans que participou pouco tempo depois de concluir a sua graduação de medicina, Wilson acidentalmente partiu uma peça antiga, um espelho, começando assim, uma luta. House pagou-lhe a fiança (depois deste ter acabado por ser preso), pois o achou interessante. Outros passatempos são ouvir música clássica ou comercial, assistir a novelas medicinais na sua televisão portátil (que traz sempre consigo) ou ainda jogar jogos eletrônico numa consola portátil ou no quarto de um paciente em coma, ou ainda tocar guitarra elétrica.

Cuddy, a sua patroa, é amiga de House desde os tempos da faculdade. Apesar de o seu relacionamento ser temperado de ciúmes, segredos, situações engraçadas e desrespeito por parte dele, existe sempre um companheirismo muito grande quando se trata da reitora proteger o médico em casos mais complicados. De modo a poder aumentar o nível social de House, Cuddy obriga frequentemente o médico a interagir com pacientes de clínica geral cumprindo horários. Porém, o médico tenta sempre evitar essa prática com desculpas. Durante as consultas de clínica geral, House consegue determinar, através dos sintomas, o estilo de vida de cada paciente criticando, argumentando, com tratamentos pouco ortodoxos ou com prescrições excêntricas, mas consegue impressionar as pessoas com a velocidade e destreza do seu diagnóstico.

Wilson e House

Outra característica central é o fato de House estar constantemente a ingerir um medicamento chamado Vicodin para poder controlar as dores pós-operatórias a que a sua perna direita se submeteu anos antes e que o obriga a andar com uma bengala. Uma operação que foi mal sucedida por causa de uma necrose no músculo quadríceps. House admite estar viciado naquele medicamento, mas afirma não se tratar de um problema, pois “(Os comprimidos) deixam-me trabalhar e levem as dores consigo”. O médico já foi aconselhado a fazer uma desintoxicação de modo a poder se livrar do hábito, mas nunca conseguiu diminuir a sua dependência. Quando House não tem acesso ao Vicodin, por não lhe ser receitado ou quando se esquece de pedir uma nova embalagem, recorre a outros produtos farmacêuticos narcóticos tais como oxicodona ou morfina. Além destas características, o médico não gosta de usar a bata medicinal/jaleco, achando-a inapropriada à sua imagem.

Existem várias semelhanças entre a personagem House e Sherlock Holmes. O criador David Shore considera-se fã da personagem clássica criada por Sir Arthur Conan Doyle.

As semelhanças entre as duas personagens são evidentes em vários episódios da série, como o caráter psicológico que House usa para resolver os casos (bem como evitar aceitá-los) e a morada do médico (apartamento 221B, o mesmo número do apartamento de Holmes).House, assim como Holmes, apoia-se em um extremo poder de observação e dedução para solucionar os casos com que é confrontado. Outras semelhanças incluem o passatempo de House: o médico toca guitarra e piano, Holmes toca violino; bem como na dependência de drogas: House em Vicodim e Holmes em cocaína. A amizade com Dr. James Wilson também é semelhante à amizade entre Holmes e o Dr. John Watson.

Algumas personagens no universo de House provêm também de Sherlock Holmes: Moriarty, o homem que atirou em House, é o nome do maior inimigo de Holmes, o Professor Moriarty.

Recomendo \o/

Olha o Trailer da 1ª temporada:



%d blogueiros gostam disto: