Arquivo do mês: fevereiro 2010

eu quero um blazer igual ao da Juliana Paes

Tava lendo o blog Ricota não Derrete e vi esse blazer que a Juliana Paes foi no show da Beyonce… é liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo!!! eu AMEEEEI preciso de um blazer igual a esse…ja fiz vaaaaaaarias combinações de roupas com ele….vai ficar lindo

Preciso dele…se alguém achar um igual pra vender me avisa por favooooooor ;D


O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus

O Dr. Parnassus (Christopher Plummer) tem o dom de inspirar a imaginação das pessoas. Dono de uma companhia de teatro itinerante, ele conta com a ajuda de seu assistente Percy (Verne Troyer) e do mágico Anton (Andrew Garfield) para oferecer ao público a chance de transcender a realidade e entrar em um universo sem limites, o qual pode ser alcançado ao atravessar um espelho mágico. Tony (Heath Ledger) foi encontrado pela trupe dependurado em uma ponte, à beira da morte. Após ser salvo, ele passa a integrar a equipe, como forma de escapar de seu passado. Em uma tentativa de modernizar o show, ele termina por conhecer o novo mundo oferecido por Parnassus e passa por diversas transformações no decorrer de sua viagem. Só que esta mágica tem um preço e ele está perto de ser cobrado ao dr. Parnassus: sua preciosa filha Valentina (Lily Cole).

Assisti hoje o filme O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus… o filme que está fadado a ser lembrado como o último filme de Heath Ledger, que morreu durante as filmagens do longa, em janeiro de 2008. Mas, para quem assiste, o filme supera esse rótulo por conta da notável – e já provada – capacidade do diretor Terry Gilliam em dar forma aos seus mais malucos delírios.

E, no caso deste seu novo trabalho, nada mais pertinente do que deixar a criatividade fluir solta. O dr. Parnassus do título (vivido por Christopher Plummer) é um homem com mais de três mil anos. Ele lidera um grupo de teatro mambembe que tenta sobreviver numa época quando as pessoas não se interessam mais por histórias. Em meio a uma úmida e atual Londres, a trupe – completada por Valentina (Lily Cole), filha de Parnassus; Percy (Verne Troyer) e Anton (Andrew Garfield) – encena o mundo imaginativo de Parnassus, que realmente existe através do espelho aparentemente cenográfico instalado no centro de seu palco. Sua moldura, no entanto, é passagem para a imaginação não do protagonista, mas do próprio cidadão que ousa ultrapassar a fronteira entre a realidade e a mente, tão cheia de ilusão truques e armadilhas. Mas o grande desafio de Parnassus é ganhar uma aposta feita há muito, muito tempo com Nick (o cantor Tom Waits), também conhecido como o Diabo.

A realidade em O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus é sempre suja, úmida, escura. A direção de arte do longa reserva ao grupo de Parnassus os ambientes e figurinos mais criativos, brilhantes, em muitos momentos coloridos, enquanto as ruas de Londres são dominadas pela escuridão de um mundo que não quer mais saber das histórias do protagonista. Mas, quando os personagens ultrapassam o espelho de Parnassus – como a Alice de Lewis Carrol, que também atinge um mundo imaginário ao passar pelo objeto em Alice Através do Espelho -, o filme ganha cores e formas inusitadas, que lembram muito as animações non sense de Gilliam na série Flying Circus, produzida pelo lendário grupo humorístico inglês Monty Phyton, do qual fez parte. Criaturas sem corpos, somente com pés; cabeças gigantes das quais saem seres humanos; números musicais incomuns: são elementos que fazem parte da imaginação de Gilliam.

Vale lembrar a boa solução pensada pelo roteiro, escrito por Gilliam e Charles McKeown, depois da morte de Ledger, que não havia concluído sua participação como o personagem Tony, que se junta à trupe de Parnassus. Sem o ator, os atores Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell substituem Ledger de uma forma plausível, condizente com a história do filme. E quer saber? Se o filme fosse pensado dessa forma, talvez não ficasse tão bom. As cenas em que os três atores aparecem se passam dentro do tal mundo imaginário do Dr. Parnassus e lá você pode ser quem você quiser. Quem você sonhar. E por isso, a mudança de atores, que muita gente pode até estranhar no início, veste como uma luva em uma daquelas mãos que tem uma cabeça no seu topo.

Muitos devem ser atraídos a O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus pelo fato de ter Heath Ledger no elenco, mas este não deve ser o único motivo a levar o espectador à projeção, pelo contrário. Não é um filme fácil. Esteticamente desafiador, tem um roteiro complexo, permeado principalmente pelo surreal, que não agrada a todos os públicos, mas principalmente aos que apreciam as loucuras características do cinema de Gilliam. De qualquer forma, jamais deve ser restrito somente ao rótulo de “o último filme de Heath Ledger”; é uma obra resultante do interessantíssimo mundo imaginário de Terry Gilliam.


Chuck

Criada por Josh Schwartz, idealizador de “The O.C.”, a série “Chuck” é uma mescla de comédia e drama protagonizada pelo ator Zachary Levi, que interpreta Chuck Bartowski, um nerd solitário que vive com sua irmã Ellie Bartowski, e o namorado dela, Devon Woodcomb, também conhecido como Captain Awesome.

Depois de receber de um de seus ex-colegas da faculdade, atualmente, agente corrupto da CIA, Bryce Larkin, um e-mail com uma série de imagens, o jovem viciado em computadores passa a ter, sem perceber, a base de dados dos segredos governamentais gravados no cérebro.

Rapidamente, a NSA e a CIA mandam um agente de cada equipe (Major John Casey e Sarah Walker, respectivamente), para protegê-lo e impedir que esses segredos caiam em mãos erradas. Assim, ele deve aprender a dividir sua vida entre ser um amigável nerd de informática e um recurso das agências em missões secretas.

Elenco

  • Zachary Levi – Chuck Bartowski – Um nerd empregado em uma loja de eletrônicos chamada Buy More, na seção chamada Nerd Herd.
  • Yvonne Strahovski – Sarah Walker – Agente da CIA enviada para proteger Chuck em missões do governo.
  • Adam Baldwin – Coronel John Casey – Agente da NSA.
  • Joshua Gomez – Morgan Grimes – Melhor amigo de Chuck, que vê o mesmo se distanciar após estes eventos, mesmo que ele não saiba. Também trabalha na Buy More.
  • Sarah Lancaster – Dr. Ellie Bartowski – Médica e irmã de Chuck. É casada com o Captain Awesome e também vê Chuck se distanciar.
  • Ryan McPartlin – Devon (conhecido como Captain Awesome) – Médico e marido de Ellie. Tem esse apelido pois, gosta de praticar esportes radicais e outras coisas incríveis.
  • Vik Sahay – Lester Patel – Trabalha junto com Chuck na Nerd Herd. É indiano e melhor amigo de Jeff.
  • Scott Krinsky – Jeff Barnes – Também é companheiro de Chuck na Nerd Herd. É um sujeito muito esquisito e que junto com Lester, tem uma banda chamada Jeffster.
  • Julia Ling – Anna Wu – Ela tem descendência chinesa, também trabalha na Buy More, é bissexual e luta artes marciais. também se torna a namorada de Morgan, na primeira temporada.
  • Mark Christopher Lawrence – Big Mike – Gerente da Buy More. É conhecido por adorar rosquinhas e principalmente seu peixe-espada. Namora a mãe do Morgan.

Recomendo!!!!


Ladrão de Raios

Ontem eu acabei de ler o livro Ladrão de Raios que é o primeiro livro da série Percy Jackson e os Olimpianos o livro fala sobre Percy Jackson um garoto-problema de 12 anos que nunca conheceu o pai e vive com a mãe e o padrasto chato em Nova Iorque. Tachado de disléxico e hiperativo, nos últimos seis anos foi expulso de seis escolas. Apesar de estar acostumado a esquisitices em sua vida, quando, na última escola, a professora de matemática se transforma em um monstro mitológico e tenta matá-lo, Percy começa a desconfiar de que não é um menino normal…

Em uma excursão escolar, para defender Grover de Nancy, Percy a lança em um chafariz… A primeira demonstração da hidrocinese de Percy se dá aí. A sua prof.ª de matematica o chama e se revela uma das Fúrias de Hades. O sr. Brunner, seu professor de latim, o salva com uma espada desfarçada de caneta. Após destruí-la, fatos estranhos se desenrolam na vida de Percy. Até que ele chega ao Acampamento Meio-Sangue, descobre que sr. Brunner é Quíron, o centauro que treinara heróis como Hercules e Jasão, e que seu amigo Grover Underwood, é na verdade um sátiro. Conhece Annabeth Chase, Dionísio, Luke Castellan e Clarisse.

A partir destes fatos, ele descobre que é acusado de roubar o raio-mestre de Zeus, seguindo a ordens de seu pai, Poseidon. Para provar a sua inocência, Percy, Annabeth e Grover saem em busca do raio-mestre e eles conhecem ninguém mais ninguém menos que; Hades deus dos mortos, Ares deus da guerra, Equidna testadora de deuses, Medusa, Cérbero o protetor da entrada e saida do Tartaro, Poseidon deus do mar e Zeus deus dos ceus.

O Livro é surpreendentemente agradável, uma história envolvente e bem descrita, numa linguagem simples e nem por isso medíocre, trás uma nova roupagem aos contos mitológicos gregos. O ritmo contínuo e elétrico tira o fôlego, deixando o leitor na expectativa pela próxima ação das personagens ou pela próxima frase sarcástica do adolescente que protagoniza a aventura.

Dia 12 de fevereiro estréia o filme Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios que é uma adaptação para o cinema do livro dirigido por Chris Columbus




iPad

Titio Steve Jobs é um cara esperto. Tão esperto que percebeu o sucesso do Kindle, tablet da Amazon, embarcou no sucesso imbatível do iPhone e criou o iPad.

Segundo o próprio Jobs, o conceito do produto era juntar 2 carros chefes da Apple (Macbook e iPhone) e criar algo novo, que ao mesmo tempo não se encaixasse no mercado de smartphones nem de notebooks. E assim nasceu o iPad.

No iPad, você pode ler e-books, navegar na Internet, baixar/assistir filmes e vídeos, ouvir música, trabalhar e de quebra, fazer ligações. Resta saber quanto tempo demorará para a AppStore lançar aplicativos super úteis do tipo “transforme seu iPad numa harpa”.

O queridjinho da vez deverá estar disponível para o mundo em aproximadamente 60 dias na versão wi-fi e a 3G, ainda sem previsão. E para quem quiser garantir o seu, é bom preparar o bolso: nos EUA, eles custarão entre $499 e $899, portanto, não esperem por menos de R$2000 o modelo mais básico. Mas vai dizer que não vale a pena…

(euqueroooo)




%d blogueiros gostam disto: